Carboxiterapia

O que é?
É o termo conhecido na terapêutica subcutânea (hipodérmica) do Anidro Carbônico – CO2 – Gás Carbônico. É a moderna técnica na qual o gás carbônico é injetado no tecido subcutâneo utilizando-se uma agulha muito fina, melhorando a circulação e oxigenação dos tecidos, promovendo o combate da celulite, gordura localizada e flacidez.

Indicações:
É indicada no combate da celulite, gordura localizada e flacidez. Atua também como auxiliar no tratamento de outros tratamentos estéticos. Uma vez que a carboxiterapia também estimularia a formação de colágeno e novas fibras elásticas, ela também pode ser indicada para o tratamento de estrias, olheiras, e rejuvenescimento facial e corporal. Além da dermatologia e medicina estética, outras especialidades médicas também se beneficiam da carboxiterpia, como: angiologia, urologia, reumatologia, etc.

Frequentes Perguntas e Respostas referentes à Carboxiterapia:

1 – Como e quando surgiu ?
Desenvolvida na França nos anos 30 (Águas Termais de Royat) e liderada pelo Dr. Jean Baptiste Romuef através de um estudo de aproximadamente 20 anos. Desde então, vem sendo amplamente utilizada em várias áreas da medicina.

2 – Como funciona?
O gás carbônico é normalmente encontrado em no nosso organismo. Em situações de repouso nosso corpo produz cerca de 200 ml/min do mesmo, aumentando em até 10 vezes frente a esforços físicos intensos. Durante o tratamento, irei controlar a infusão do fluxo e o volume total injetados dentre estes parâmetros, utilizando-se fluxos entre 20 e 100 ml/min e volume totais administrados entre 600 ml e 1 litro. A ação farmacológica do anidro carbônico sobre o tecido está muito bem estudada. Promove a vasodilatação local, com conseqüente aumento do fluxo vascular e da pressão parcial de oxigênio (pO2), consequentemente melhora a micro-circulação, e a oxigenação dos tecidos, ajudando a dissolver os nódulos de celulite e a ruptura das células de gordura.

3 – Quantas sessões são necessárias?
É possível notar a pele mais saudável, enrijecida e a redução de alguns centímetros nas medidas, normalmente, a partir da quinta a oitava sessão. O tratamento inclui de 10 a 20 sessões, divididas em uma ou duas vezes por semana. A sessão dura de 15 minutos a 30 minutos, dependendo da região.

4 – Posso associar outros tratamentos em conjunto?
Sim. A associação da Mesoterapia, Hidrolipo, Drenagem Linfática e outros, além de uma dieta orientada por profissionais auxiliam e aceleram os tratamentos.

5 – O tratamento é seguro?
Está registrado nas normativas da Comunidade Européia desde 2002 (CE 0051). Está definido como dispositivo médico, classe II b e apresenta padrões “standard” de qualidade aplicada e segurança. Este mesmo equipamento tem aprovação de comercialização e uso pelo F.D.A. Americano e Ministério da Saúde Brasileira (ANVISA) – Agência Nacional de Vigilância Sanitária.
Há grande número de publicações científicas a partir dos anos 50, embora a maior parte concentre-se entre 1985 e 2002. O tratamento utiliza o CO2 – anidro-carbônico, um gás atóxico, não embólico e presente normalmente em nosso corpo como intermediário do metabolismo celular. O CO2 puro medicinal é o mesmo utilizado corriqueiramente em cirurgia videolaparoscópica (para promover a distensão abdominal), histeroscopia e como contraste em arteriografias. O gás utilizado em medicina para promover pneumo-peritônio em cirurgias endoscópicas utiliza fluxos de até 1000 ml/min com segurança e os volumes totais freqüentemente ultrapassam 10 litros, sem que haja efeitos sistêmicos significativos.

6 – Quais são os possíveis efeitos colaterais?
Possíveis efeitos colaterais limitam-se a dor durante o tratamento, pequenos hematomas decorrentes da punção e sensação de crepitação no local e o aumento da pressão parcial que desaparece, em média, em até 30 minutos. Não é necessário fazer repouso ou qualquer outro tipo de tratamento complementar, já que você poderá retornar às suas atividades normais ao fim de cada sessão.

7 – Carboxiterapia é dolorosa?
Não. Alguns pacientes podem experimentar uma sensação de descolamento da pele no local da injeção. Desaparece dentro de alguns segundos. Em conseqüência da circulação aumentada, a área que cerca o local da injeção pode sentir um aumento de temperatura local por 10 a 20 minutos.

8 – O que devo evitar após o tratamento com carboxiterapia?
Evite emergir na água por 4 horas após o tratamento tal como banhos, natação, ou saunas.

9 – Quanto tempo os benefícios duram?
Isto depende inteiramente de você. Se você escolher seguir uma dieta saudável complementada pelo exercício regular, a celulite pode permanecer afastada por anos.